Mídias


Cuidados diários com a pele

Cuidados diários com a pele

Cedo ou tarde o temido dia da limpeza de pele chega. Quem já se submeteu ao procedimento sabe que, apesar dos bons resultados, o processo costuma ser bastante dolorido. Para mandar embora cravos e espinhas, não há outra solução, a não ser espremê-los. O que nem todo mundo sabe é que é possível diminuir o sofrimento e ainda espaçar o intervalo entre uma limpeza e outra com pequenas atitudes diárias. "Lavar o rosto com um sabonete especial, por exemplo, evita o acúmulo de impurezas na pele que tornariam necessária uma nova limpeza", afirma a dermatologista Flavia Addor, diretora da Sociedade Brasileira de Dermatologia. A especialista lembra apenas que o compromisso deve ser marcado em um lugar com condições de higiene específicas e profissionais habilitados sempre que houver um número evidente de pontos pretos e brancos no rosto. A seguir, veja quais hábitos podem ajudar a adiar a limpeza de pele: Lave o rosto Lavar o rosto cerca de duas vezes ao dia ajuda a eliminar impurezas como a poluição e o sebo, produzido pela pele, evitando o entupimento de poros. A dermatologista Érica Monteiro, da Unifesp, recomenda fazer a lavagem com sabonetes especiais que não agridam a pele. "Escolha produtos com pH semelhante ao da pele, que é em torno de 5,5", sugere. Fique atento ainda à temperatura da água que deve ser numa temperatura natural. Muito quente, a água remove a camada natural de proteção da pele, favorecendo a oleosidade e, por consequência, a formação da acne. Finalize o processo pressionando uma toalha ou papel contra o rosto sem esfregar para evitar lesões. Faça esfoliação "A esfoliação pode ser um aliado, mas deve haver cuidado sobretudo se a pessoa está fazendo algum tratamento dermatológico, pelo risco de sensibilizar a pele", alerta a dermatologista Flávia. O procedimento deve ser feito de acordo com cada produto, respeitando-se o tempo e a forma de aplicação. Mas, em geral, o uso de esfoliantes não deve ser diário, o ideal é que a aplicação seja semanal ou quinzenal. Evite esfoliantes caseiros, pois eles podem gerar irritações e alergias. O ideal é consultar um dermatologista que poderá indicar o melhor produto para seu tipo específico de pele. Use um hidratante Tanto a pele seca quanto a pele oleosa necessitam de hidratante. É um erro bastante comum imaginar que o produto serve apenas para aumentar a produção de sebo. "O uso de hidratantes na pele oleosa precisa somente de recomendações específicas que um bom profissional saberá fornecer ao paciente", explica a dermatologista Flávia. Aplique antes do filtro solar e da maquiagem. Passe protetor solar Depois do hidratante, proteja a pele com uma camada fina de filtro solar. "Ele ajuda a prevenir manchas e o envelhecimento precoce, que podem deixar a pele com aspecto ruim mesmo depois da limpeza de pele", explica a dermatologista Flávia. Para renovar a pele, neste caso, podem ser necessários tratamentos mais agressivos, por isso, prevenção é a melhor saída. Em caso de exposição direta, faça reaplicação do produto a cada duas horas. No dia a dia, sempre após a lavagem do rosto. Aposte em máscaras secativas "A máscara secativa é um tipo de máscara facial com propriedades adstringentes que promovem o fechamento dos poros", explica a dermatologista Érica. Desta maneira, ela evita a entrada de impurezas na pele que podem entupi-lo gerando cravos e espinhas. A escolha do produto deve ser feita com auxílio de um profissional para evitar descamações e outras lesões. Remova a maquiagem Por maior que seja sua preguiça ao, finalmente, chegar em casa, não deixe de remover a maquiagem. Base, corretivo e pó disfarçam imperfeições, mas também podem contribuir para o agravamento delas se o seu rosto não ficar livre do produto algumas horas por dia. "Use um demaquilante para o rosto e outro específico para a região dos olhos", recomenda a dermatologista Flávia. Para finalizar o processo, lave o rosto com o sabonete ideal para a sua pele. Experimente cremes noturnos Até mesmo durante o sono é possível fazer tratamentos que promovem a limpeza e o fechamento dos poros. Como? Com cremes noturnos. Os que contêm ácido retinoico, por exemplo, ajudam no tratamento da acne, mas deixam a pele mais sensível à luz. Por isso, nada melhor do que aplicá-los antes de dormir. Converse com um profissional antes para saber a intensidade do ácido e descobrir qual o melhor tipo para a sua pele.



Comments